Abordagem prospectiva contribui para o desenvolvimento social e democrático

Por Vinícius Ricardo Ferreira Janick |

Estudos prospectivos têm diversos efeitos benéficos, dentre eles o aprendizado organizacional, apesar de não ser seu objetivo principal. Esse aprendizado proporciona aos membros maior consciência situacional sobre a importância da organização no sistema, bem como o valor de cada indivíduo. E se esse efeito colateral fosse utilizado com outro propósito? Uma abordagem prospectiva denominada Participatory Prospective Analysis tem o objetivo de empoderar comunidades locais a respeito de seu próprio futuro, e já foi aplicada em comunidades de agricultores na Índia, Indonésia e Filipinas, com resultados empíricos.

Impacto em Segurança e Defesa: Empoderar comunidades locais impacta diretamente no desenvolvimento social e na democracia, isto porque comunidades conscientes têm maior engajamento na formulação de políticas públicas. Consequentemente, índices crescentes de participação democrática contribuem para estabilidade e, portanto, para segurança societal, desde que coadunado com outros esforços, como transparência, combate à corrupção, IDH, por exemplo.

Indicadores: Para avaliar o impacto da cenarização participativa pode-se observar, primeiramente, a disponibilidade e vontade de atores (públicos, privados, ONGs, etc) em empreender este esforço. E segundo, deve-se observar justamente fatores que contribuem para uma democracia sólida, alguns já citados anteriormente, e que complementam os efeitos do empoderamento de comunidades locais.

Fonte: BOURGEOIS, Robin; PENUNIA, Esther; BORUK, Don. Foresight for all: Coelaborative scenario building and empowerment. Technological Forecasting & Social Change. V. 124, pp. 178 188, Nov. 2017. Acesso: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0040162517305413


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

IBM e Promare lançam navio autônomo para pesquisas oceânicas

Por Taíza Santos e Giselli Nichols | Mayflower, o primeiro navio totalmente autônomo a cruzar o Oceano Atlântico, zarpa este mês de setembro em sua...

Satélites de monitoramento revelam intensa atividade de pesca ilegal no Oceano Pacífico

Por Caroline Colbert| Os satélites de monitoramento de atividades terrestres ajudaram pesquisadores a descobrir operações de pesca ilegal em grande escala nas águas da Coréia...

Congresso Americano investe U$ 4 mi em pesquisa sobre métodos controversos de esfriamento da Terra

Por Gabriela Schneider e Thauan Santos| A agência Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) afirma ter recebido 4 milhões de dólares do Congresso Americano para...

Força Espacial dos EUA está desenvolvendo estratégia diferenciada para recrutar novos talentos

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | A Força Espacial dos EUA está considerando novas estratégias de recrutamento de novos talentos do setor de...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome