Aplicativos sobre a Covid-19 causam insegurança no Bahrein, Kuwait e Noruega

Por Antonella Ribeiro e Thiago Honório |

A ONG de Direitos Humanos Anistia Internacional demonstrou preocupação sobre a privacidade e segurança de aplicativos de rastreamento de contatos para combater a pandemia no Bahrein, Kuwait e Noruega. Após uma investigação acerca dos aplicativos sobre a Covid-19 desenvolvidos em 11 países, a organização classificou alguns como perigosos para os direitos humanos, pois, realizam ativamente o rastreamento ao vivo dos locais dos usuários, enviando coordenadas de GPS para um servidor central. Após a publicação da organização, o governo norueguês pausou o uso de um dos programas. Bahrein e Kuwait ainda não interromperam o uso em sua forma atual.

Impacto em Segurança e Defesa: Essas ocorrências podem demonstrar um aumento da vigilância governamental e diminuição da privacidade da população. Mesmo que inicialmente os aplicativos possam ser usados para ajudar a manter o controle do vírus, eles também poderão oferecer riscos a segurança no longo prazo.

Fonte: PRIVACY fears over COVID apps by Bahrain, Kuwait, Norway. Al Jazeera, Doha, 16 jun 2020. Disponível em: https://www.aljazeera.com/news/2020/06/privacyfears-covid-apps-bahrain-kuwait-norway-200616053656265.html


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Estudo explora o emprego de bots sociais para combater extremismo

Por Thiago Jacobino Honório | Trabalho organizado pela norte-americana Rand Corporation investiga as possibilidades de emprego e as questões éticas acerca do uso de bots...

Ataque cibernético paralisa empresa de transporte marítimo

Por Marcelo Andrade de Barros e Walmor Cristino Leite Junior | A empresa CMA CGM, de transporte marítimo, foi vítima de um ataque cibernético em...

EUA avançam na integração de dados de Defesa

Por Thiago Jacobino Honório | Documento recente lançado pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos (DoD), propõe um conjunto de princípios e objetivos para modernização...

Empresa taiwanesa reivindica primeiro teste de dispositivo NB-IoT para satélite

Por Caroline Boletta e Gabriella Nichols | A empresa MediaTek realizou um teste de dispositivo por meio de um link bidirecional estabelecido com um satélite...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome