Bioinvasão ameaça o espaço marítimo de forma não tradicional

Valdenize Pereira Oliveira e Jéssica Germano de Lima Silva |

A bioinvasão no espaço marítimo se caracteriza como um grave problema ambiental, que possui transbordamentos para além dessa esfera. O impacto gerado por espécies invasoras torna a questão como a segunda maior ameaça à perda de biodiversidade marítima, atrás da degradação dos habitats, afetando diretamente atividades econômicas marítimas, a exemplo da pesca e da aquicultura. Os principais vetores de tais espécies exógenas são as embarcações que realizam o transporte marítimo, sobretudo pela água de lastro. Apesar dos procedimentos de verificação e controle, assim como existência de uma Convenção Internacional para prevenir a bioinvasão por água de lastro, a incidência de ocorrências acompanha o crescimento do comércio marítimo.

Impactos em Segurança e Defesa: Destaca-se que as atividades marítimas são expressivas à economia. Assim, aponta-se a necessidade de as forças de Defesa e Segurança nacionais manterem fiscalização e controle de embarcações, visando evitar danos intencionais ou criminosos ao espaço marítimo. Isto, dado os riscos híbridos, métodos irregulares e não tradicionais de ameaça no mar.

Fonte:  LEAL, Tiago. Bioinvasão e seus impactos sobre a diversidade biológica em ecossistemas aquáticos nativos. GIA, 4 set. 2017. Disponível em: https://gia.org.br/portal/bioinvasao-e-seus-impactos-sobre-a-diversidade-biologica-em-ecossistemas-aquaticos-nativos/.

Vídeo: Instituto Biodiversidade Marinha

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Turquia chegará à Lua até 2023

Por Caroline Colbert | O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan anunciou no dia 9 de fevereiro um plano de programa espacial com duração de 10...

Degelo atual é compatível com os piores cenários previstos pelo IPCC

Por Victor Gaspar Filho e Thauan Santos | Estudo financiado pelo Conselho de Pesquisa Ambiental britânico constatou que a aceleração do degelo global é condizente...

Japão está desenvolvendo primeiro satélite de madeira do mundo

Por Leandro Laranjeiras e Caroline Colbert | Pesquisadores da universidade de Kyoto e da empresa Sumitomo Forestry iniciaram o projeto dos primeiros satélites do mundo...

Extremos climáticos marcaram o ano de 2020

Por Alice Castelani e Thauan Santos | O ano de 2020 foi marcado por extremos climáticos, evidenciando o agravamento do aquecimento global. 2020 registrou os...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome