Cientistas alertam para o risco de extinção de 40% da flora mundial

Por Nicole Torres e Thauan Santos |

Um novo estudo feito pela Royal Botanic Gardens Kew reportou o “Estado das Plantas e Fungos Mundiais em 2020”. Nele foi emitido um alerta de cientistas de 42 países sobre o grande risco de extinção de 40% da flora mundial. Além do sustento alimentar, as plantas são recursos necessários para a fabricação de certos medicamentos e combustíveis. A constatação científica revela que a biosfera está correndo mais risco do que nunca e o desflorestamento, o aumento da população mundial e as emissões de gases estão piorando ainda mais a conjuntura. Na medida em que novas doenças surgem e o comércio ilegal erradica populações inteiras de espécies de vegetais, a biodiversidade vem se tornando mais vulnerável em escala global.

Impacto em Defesa e Segurança: Com a falta da fauna utilizada para medicamentos, combustível e alimentos, haverá a escassez de tais recursos. Um dos países que fornece a maior quantidade de matéria-prima ao mercado internacional é o Brasil, e considerando que a Amazônia é um dos ecossistemas mais ricos, podem acontecer conflitos por recursos naturais.

Fonte: DAVIDSON, Jordan. 40% of world’s plants at risk of extinction, new report finds. World Economic Forum (online), 2020. Disponível em: https://www.weforum.org/agenda/2020/10/worlds-plants-risk-extinction-report/

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Confira o cronograma completo do evento

Confira aqui os participantes, horários e grupos de debates do evento, que acontecerá online nos dias 13 e 14 de maio de 2021. Horário Dia 13/05 Dia...

Exército dos EUA aprova planos para uma camada espacial tática

Por Rafael Esteves e Caroline Colbert | No dia 19 de abril de 2021, o exército dos Estados Unidos aprovou o desenvolvimento de um protótipo...

Estudo aponta dependência global da biodiversidade dos países em desenvolvimento

Por Alice Castelani and Daniel Vidal Pérez | Um estudo publicado por pesquisadores brasileiros na revista Science Advances apontou que os países com maior grau de desenvolvimento...

Primeiro satélite paraguaio monitora o desenvolvimento da doença de Chagas

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | O primeiro satélite do Paraguai, chamado de Guaranisat-1, foi lançado a partir da Estação Espacial Internacional e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome