Concentração da produção de gás pode ameaçar estabilidade do fornecimento na União Europeia

Por Dominique Marques e Thauan Santos |

As crises ocorridas em 2006 e 2009, entre Rússia e Ucrânia, levaram ao corte de gás que abastece muitos países europeus, onde estes tiveram que racionar seus consumos, levando ao fechamento de fábricas, por exemplo. O problema se intensificou em 2014, quando o presidente ucraniano foi expulso e a Rússia apoiou movimentos separatistas no país, anexando a Crimeia. Isto levou a Ucrânia a pedir ajuda aos EUA e à União Europeia contra a Rússia, considerada um país agressor. Contudo, a Rússia abastece 30% do gás europeu, onde alguns países, como Luxemburgo e Malta chegam a depender 90% do gás russo.

Impacto em Segurança e Defesa: Projetos de gasodutos que ignoram a rota da Ucrânia, como o Nord Stream 2, ligando diretamente à Alemanha, dão poder à Rússia sobre a escolha do abastecimento ou não de ex-países-satélites da URSS, sem afetar seus grandes clientes na Europa exercendo, portanto, grande poder e ameaçando a integridade da União Europeia.

Fonte: EUROSTAT. From where do we import energy and how dependent are we? Disponível em: https://ec.europa.eu/eurostat/cache/infographs/energy/bloc-2c.html.

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Aquecimento global causa risco de aumento em 3 graus Celsius

Por Nicole Torres e Thauan Santos | Um estudo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) constatou que os gases do efeito estufa atingiram novo pico em...

COVID-19 afeta a segurança alimentar e preocupa consumidores asiáticos

Por Julia Nishio e Daniel Vidal Pérez | A COVID-19 potencializou o número de consumidores preocupados com a contaminação dos alimentos na região da Ásia-Pacífico...

O site do Informativo RADAR agora é totalmente bilíngue

O site do Informativo RADAR estará, a partir de janeiro de 2021, totalmente bilíngue. O leitor agora poderá optar em ler as matérias do...

China seleciona 18 astronautas para treinamento em futura estação espacial

Por Caroline Colbert | A China escolheu 18 novos astronautas para ficarem a bordo da futura estação espacial chinesa. Os novos astronautas incluem 17 homens...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome