Congresso Americano investe U$ 4 mi em pesquisa sobre métodos controversos de esfriamento da Terra

Por Gabriela Schneider e Thauan Santos|

A agência Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) afirma ter recebido 4 milhões de dólares do Congresso Americano para estudar dois métodos controversos de resfriamento da Terra. O primeiro está relacionado à emissão de enxofre na atmosfera, impedindo o planeta de receber radiações solares mais intensas. O segundo, se compromete a distribuir partículas na atmosfera para que as nuvens atuem como sombra. Ambas servem como medidas de mitigação. O NOAA, entretanto, ainda não se diz preparado para utilizar tais métodos. Justificam a pesquisa como uma forma de preparar o governo dos EUA para uma decisão política futura.

Impacto em Segurança e Defesa: Estudos como este demonstram a fragilidade das fronteiras nacionais em relação tanto à segurança como defesa, uma vez que as consequências da geoengenharia climática não respeitam limitações geográficas criadas pelo homem. Com o desenvolvimento dessa tecnologia, demais países e seres vivos estarão à mercê daqueles que possuem conhecimento de tais técnicas.

Fonte: U.S. geoengineering research gets a lift with $4 million from Congress. Colorado. 23 jan 2020. Disponível em: https://www.sciencemag.org/news/2020/01/us-geoengineering-research-gets-lift-4-million-congress#

 

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Confira o cronograma completo do evento

Confira aqui os participantes, horários e grupos de debates do evento, que acontecerá online nos dias 13 e 14 de maio de 2021. Horário Dia 13/05 Dia...

Exército dos EUA aprova planos para uma camada espacial tática

Por Rafael Esteves e Caroline Colbert | No dia 19 de abril de 2021, o exército dos Estados Unidos aprovou o desenvolvimento de um protótipo...

Estudo aponta dependência global da biodiversidade dos países em desenvolvimento

Por Alice Castelani and Daniel Vidal Pérez | Um estudo publicado por pesquisadores brasileiros na revista Science Advances apontou que os países com maior grau de desenvolvimento...

Primeiro satélite paraguaio monitora o desenvolvimento da doença de Chagas

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | O primeiro satélite do Paraguai, chamado de Guaranisat-1, foi lançado a partir da Estação Espacial Internacional e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome