C&T para Defesa da Austrália foca em processo de inovação colaborativo

Por Jéssica Leite dos Santos |

A Defence Science and Technology, agência do Departamento de Defesa australiano, lançou sua Estratégia para 2030, que interliga inovação, empresas de ciência e tecnologia (C&T) e desenvolvimento das capacidades de Defesa Nacional. Intitulada “More, together“, tem por objetivo focar em programas amplos de C&T sobre prioridades estratégicas de Defesa. Visa também aumentar escala através de parcerias internacionais e nacionais (empresas de C&T), e gerar impacto com processos simplificados de inovação. A publicação apresenta os STaR Shots (Science, Technology and Research Shots) no início de processo de inovação multissetorial, que são programas nacionais voltados a pesquisas e ações que gerem capacidade de responder a demandas de Defesa.

Impactos em Segurança e Defesa: A geração de tecnologia de Defesa liga-se, intrinsecamente, às capacidades estatais de projeção de poder e de atender a demandas de futuros possíveis. Além dos benefícios em estabelecer processos de inovação organizados e direcionados, incluir na dinâmica acima parceiros não-estatais e diversos pode torná-la menos morosa e aumentar seu potencial inovador.

Fonte: DEFENCE SCIENCE AND TECHNOLOGY. Defence Science and Technology Strategy 2030. Adelaide, 2020. Disponível em: https://www.dst.defence.gov.au/strategy/defence-science-and-technology-strategy-2030.


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Artigo explora a relação histórica entre a guerra e o Estado

Por Thiago Jacobino Honório | O trabalho apresenta as raízes da formação dos dois fenômenos e sua relação a partir da Segunda Guerra Mundial (1939-1945)....

Coreia do Sul quer cooperação da Rússia em assuntos espaciais

Por Ana Carolina Castilho e Caroline Colbert | Coreia do Sul busca cooperação militar com a Rússia em meio à crescente ameaça na Península Coreana,...

Projeto espacial bilionário da Amazon indica tendência perigosa

Por Leandro Laranjeiras e Caroline Colbert | A Amazon recebeu permissão da Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FFC) para lançar 3.326 satélites em...

EUA investigam objetos aéreos não identificados contra possível espionagem

Por Pedro Martinez e Caroline Colbert | O Pentágono divulgou recentemente a criação da Força Tarefa para Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAPTF, em inglês), que...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome