Degelo atual é compatível com os piores cenários previstos pelo IPCC

Por Victor Gaspar Filho e Thauan Santos |

Estudo financiado pelo Conselho de Pesquisa Ambiental britânico constatou que a aceleração do degelo global é condizente com os piores cenários previstos pelo International Panel on Climate Change (IPCC). A pesquisa foi a primeira internacional da área a ser conduzida por satélites, evidenciando que as últimas três décadas sofreram elevação de 65% na progressão do degelo. O estudo monitorou gelo marítimo do Ártico e de porções austrais dos oceanos, 215,000 glaciares em montanhas, geleiras da Groenlândia e Antártica, assim como plataformas de gelo antárticas. As maiores perdas absolutas ocorreram no Oceano Ártico e nas plataformas do polo sul. Glaciares suspensos sofreram quase 25% do derretimento observado em 23 anos. Tratam-se de importantes fontes de água potável, podendo submeter populações locais à estresse hídrico.

Impactos em Defesa e Segurança: O degelo acelerado, ao elevar o nível do mar, impacta comunidades costeiras, provocando deslocamentos forçados. Ademais, mudam características básicas de ecossistemas litorâneos, destruindo habitats inteiros pela alteração de suas características essenciais. Dessa forma, coloca-se em grande risco a segurança humana, econômica e ambiental das áreas afetadas.

FonteENVIRONMENT NEWS. Global ice loss increases at record rate. University of Leeds. 25 de janeiro de 2021. Disponível em: http://www.leeds.ac.uk/news/article/4756/global_ice_loss_increases_at_record_rate

 

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Turquia chegará à Lua até 2023

Por Caroline Colbert | O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan anunciou no dia 9 de fevereiro um plano de programa espacial com duração de 10...

Degelo atual é compatível com os piores cenários previstos pelo IPCC

Por Victor Gaspar Filho e Thauan Santos | Estudo financiado pelo Conselho de Pesquisa Ambiental britânico constatou que a aceleração do degelo global é condizente...

Japão está desenvolvendo primeiro satélite de madeira do mundo

Por Leandro Laranjeiras e Caroline Colbert | Pesquisadores da universidade de Kyoto e da empresa Sumitomo Forestry iniciaram o projeto dos primeiros satélites do mundo...

Extremos climáticos marcaram o ano de 2020

Por Alice Castelani e Thauan Santos | O ano de 2020 foi marcado por extremos climáticos, evidenciando o agravamento do aquecimento global. 2020 registrou os...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome