Estados Unidos pretendem instalar usinas nucleares fora da Terra

Por Mariane Almeida e Raquel Missagia |

O Laboratório Nacional de Idaho (INL), em conjunto com o Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE), está buscando potenciais parceiros para um projeto criado na década de 2000 de instalação de usinas nucleares fora da Terra. A partir do plano de desenvolvimento em duas etapas do Fission Surface Power (FSP), firmado entre a NASA e o DOE, é possível obter um sistema de potência nominal de 10 kW, capaz de suprir energia elétrica ininterrupta em missões tripuladas de longa duração na Lua. À medida que essas ações ofereçam resultados seguros, principalmente à segurança humana, o objetivo é de que sejam estendidas para Marte.

Impacto em Segurança e Defesa: O avanço dos Estados Unidos na exploração espacial por meio do FSP poderá fortalecer a corrida espacial, que colide aos interesses da subsidiária russa, Roscosmos, que pretende instalar uma base habitável, fixa e operada por robôs com central nuclear na Lua até 2028.

Fonte: ENERGY, U.S. DEPARTMENT OF. Request for Information for Fission Surface Power (FSP), 23 jul. 2020. Disponível em: https://beta.sam.gov/opp/b92644af4767413c9e831e633c6e2888/view.

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Confira o cronograma completo do evento

Confira aqui os participantes, horários e grupos de debates do evento, que acontecerá online nos dias 13 e 14 de maio de 2021. Horário Dia 13/05 Dia...

Exército dos EUA aprova planos para uma camada espacial tática

Por Rafael Esteves e Caroline Colbert | No dia 19 de abril de 2021, o exército dos Estados Unidos aprovou o desenvolvimento de um protótipo...

Estudo aponta dependência global da biodiversidade dos países em desenvolvimento

Por Alice Castelani and Daniel Vidal Pérez | Um estudo publicado por pesquisadores brasileiros na revista Science Advances apontou que os países com maior grau de desenvolvimento...

Primeiro satélite paraguaio monitora o desenvolvimento da doença de Chagas

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | O primeiro satélite do Paraguai, chamado de Guaranisat-1, foi lançado a partir da Estação Espacial Internacional e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome