EUA trabalham no desenvolvimento de caças de sexta geração

Por Felipe Marques e Thiago Jacobino Honório |

A força aérea dos Estados Unidos (USAF) anunciou que está trabalhando no desenvolvimento de uma nova geração de caças, através da Next Generation Air Dominance (NGAD). Segundo Will Roper, executivo de aquisições da Força Aérea Americana, a próxima geração de caças deverá ter como características armas de energia direcionada (Laser), elevado grau de furtividade, maior integração de sensores, além de maior presença de Inteligência Artificial e capacidade de controlar VANTs (Veículos Aéreos Não Tripulados). A motivação de se trabalhar no desenvolvimento em um caça de sexta geração é uma resposta ao desenvolvimento de novas aeronaves por parte de países rivais na área da aviação militar, como a China e Rússia.

Impacto em Segurança e Defesa: O desenvolvimento dessa nova geração de caças evidencia as tendências de como a indústria aeronáutica evoluirá nos próximos anos. Demostra também a importância cada vez maior dos VANTs e de tecnologias em geral que envolvam a Inteligência Artificial nos aviões de combate.

Fonte: INSINNA, V. The US Air Force’s radical plan for a future fighter could field a jet in 5 years. Defense news, 2019. Disponivel em: https://www.defensenews.com/digital-show-dailies/2019/09/16/the-us-air-forces-radical-plan-for-a-future-fighter-could-field-a-jet-in-5-years/.

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Turquia chegará à Lua até 2023

Por Caroline Colbert | O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan anunciou no dia 9 de fevereiro um plano de programa espacial com duração de 10...

Degelo atual é compatível com os piores cenários previstos pelo IPCC

Por Victor Gaspar Filho e Thauan Santos | Estudo financiado pelo Conselho de Pesquisa Ambiental britânico constatou que a aceleração do degelo global é condizente...

Japão está desenvolvendo primeiro satélite de madeira do mundo

Por Leandro Laranjeiras e Caroline Colbert | Pesquisadores da universidade de Kyoto e da empresa Sumitomo Forestry iniciaram o projeto dos primeiros satélites do mundo...

Extremos climáticos marcaram o ano de 2020

Por Alice Castelani e Thauan Santos | O ano de 2020 foi marcado por extremos climáticos, evidenciando o agravamento do aquecimento global. 2020 registrou os...

Artigos relacionados

1 Comentário

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome