Estudos prospectivos da Shell apontam carbono zero até 2050 na União Europeia

Por Cesar Castello Branco Martins |

A Shell elaborou estudo de cenários prospectivos que analisa o que a União Europeia (EU) pode fazer para descarbonizar seu consumo de energia nos próximos 30 anos. Para atingir os objetivos do Acordo de Paris, foram explorados potenciais caminhos para diferentes setores econômicos e países, que garantissem o aumento da temperatura média global em até 1,5ºC. Internacionalmente reconhecida pela sua metodologia de cenários prospectivos, a companhia concluiu que esta é uma tarefa possível, mas altamente exigente, e que para ser bem sucedida será necessário a implantação de tecnologias limpas e a mudança de opções para apoiar uma economia verde, como estruturas de políticas coerentes e confiáveis ​​que sejam previsíveis e consistentes ao longo do tempo.

Impacto em Segurança e Defesa: Uma elevação acentuada da temperatura média mundial poderá trazer riscos para a saúde, aos meios de subsistência, à segurança alimentar, ao abastecimento de água, à segurança humana e ao crescimento econômico. Preocupações que reforçam a articulação pelo desenvolvimento de uma arquitetura global de governança que promova a governabilidade climática.

Indicador: O consumo das diferentes fontes de energias renováveis pelos países membros da UE, as suas emissões líquidas de carbono, e o preço do carbono são indicadores que foram avaliados neste estudo da Shell para a descarbonização da economia do bloco europeu.

Fonte: SHELL. Shell Scenarios Sketch: A Climate-Neutral EU by 2050. Shell.com. abr. 2020. Disponível em: https://www.shell.com/energy-and-innovation/the-energy-future/scenarios/scenario-sketches/new-sketch-a-climate-neutral-eu.html.


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Falta de apoio à agricultura familiar atinge o brasileiro

Por Diego Navia e Daniel Vidal Pérez | Dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2017-2018 do IBGE indicam um aumento de 3 milhões de...

Fórum Econômico Mundial desenvolve projeto de IoT para os ODS da ONU

Por Caroline Boletta e Gabriella Nichols | O Fórum Econômico Mundial está implementando o projeto "IoT para o desenvolvimento sustentável", que destina-se à busca de...

General norte-americano defende maior utilização de satélites de vigilância

Por Raquel Missagia | Para o general norte-americano Kenneth Wilsbach, mais satélites devem ser utilizados para a vigilância tática. O comando Indo-Pacífico norte-americano incluiu em...

Estados Unidos declaram emergência nacional para conquistar independência no setor mineral

Por Marcelle Bessa e Victor Gaspar Filho | O governo estadunidense declarou emergência nacional para contornar a dependência de importações de minerais críticos. Através dessa...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome