EUA recrutam hackers éticos para testar vulnerabilidades de satélites militares

Por Caroline Colbert |

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos (DoD) recrutou hackers éticos para testar as vulnerabilidades dos seus satélites de defesa militar. O desafio é composto por diversas equipes que tentarão controlar a câmera do satélite e tirar uma foto da Lua. O objetivo do recrutamento de pessoal externo é justamente a busca pela inovação e novas visões em segurança de softwares. Essa competição auxilia no aperfeiçoamento da segurança no que tange ativos militares, da comunidade de inteligência e do espaço comercial dos EUA contra ataques cibernéticos. O impacto mais simples oferece a possibilidade de interromper, interceptar ou modificar todas as comunicações transmitidas pela antena conectada ao satélite, permitindo que um invasor, por exemplo, tenha acesso aos e-mails enviados por um sistema wi-fi ou tente iniciar outros ataques de hackers contra dispositivos conectados à rede de satélites. As habilidades seriam apresentadas ao vivo no Def Con 2020. O evento está suspenso no momento por causa da Covid-19.

Impacto em Segurança de Defesa: Em situações mais graves, os impactos em Defesa e Segurança podem ser ainda mais perigosos, pois um ataque também expõe a localização da antena de satélite, através da conexão com o dispositivo de GPS, o que faz com que bases militares secretas possam ser rastreadas e até mesmo atacadas.

Fonte: HACKERS get chance to target US satellite. BBC. 20 set. 2019. Disponível em: https://www.bbc.com/news/technology-49768617.

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Turquia chegará à Lua até 2023

Por Caroline Colbert | O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan anunciou no dia 9 de fevereiro um plano de programa espacial com duração de 10...

Degelo atual é compatível com os piores cenários previstos pelo IPCC

Por Victor Gaspar Filho e Thauan Santos | Estudo financiado pelo Conselho de Pesquisa Ambiental britânico constatou que a aceleração do degelo global é condizente...

Japão está desenvolvendo primeiro satélite de madeira do mundo

Por Leandro Laranjeiras e Caroline Colbert | Pesquisadores da universidade de Kyoto e da empresa Sumitomo Forestry iniciaram o projeto dos primeiros satélites do mundo...

Extremos climáticos marcaram o ano de 2020

Por Alice Castelani e Thauan Santos | O ano de 2020 foi marcado por extremos climáticos, evidenciando o agravamento do aquecimento global. 2020 registrou os...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome