Falta de dados compromete a sustentabilidade dos estoques pesqueiros no Brasil

Por Samira Scoton e Thauan Santos |

O Brasil não reporta sua produção pesqueira oficial (considerando pesca de captura e aquicultura) desde 2014. Os relatórios nacionais sobre a produção pesqueira são a principal fonte de dados utilizada para manter e atualizar os bancos da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Sendo assim, a qualidade das estatísticas depende, em grande parte, da precisão, integridade e pontualidade dos dados recolhidos pelos países de origem e reportados anualmente. A não comunicação de dados ou a coleta por meio de metodologia não apropriada afeta as estimativas em relação a produção por meio da pesca de captura, interferindo nas estatísticas sobre os níveis de estoques pesqueiros.

Impactos em Segurança e Defesa: Um banco de dados robusto possibilita que se trabalhe, de modo mais eficaz, políticas públicas e de gerenciamento a nível nacional e regional. A falta de monitoramento da pesca de captura pode agravar ainda mais o quadro de declínio dos estoques pesqueiros, impactando negativamente a disponibilidade de alimento para a população.

Fonte: FAO. The State of World Fisheries and Aquaculture 2020Sustainability in action. Roma, 2020. Disponível em: http://www.fao.org/3/ca9229en/ca9229en.pdf

 

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Confira o cronograma completo do evento

Confira aqui os participantes, horários e grupos de debates do evento, que acontecerá online nos dias 13 e 14 de maio de 2021. Horário Dia 13/05 Dia...

Exército dos EUA aprova planos para uma camada espacial tática

Por Rafael Esteves e Caroline Colbert | No dia 19 de abril de 2021, o exército dos Estados Unidos aprovou o desenvolvimento de um protótipo...

Estudo aponta dependência global da biodiversidade dos países em desenvolvimento

Por Alice Castelani and Daniel Vidal Pérez | Um estudo publicado por pesquisadores brasileiros na revista Science Advances apontou que os países com maior grau de desenvolvimento...

Primeiro satélite paraguaio monitora o desenvolvimento da doença de Chagas

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | O primeiro satélite do Paraguai, chamado de Guaranisat-1, foi lançado a partir da Estação Espacial Internacional e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome