Falta de fiscalização, devido à Covid-19, favorece atividade da pesca ilegal

Por Nicole Torres e Thauan Santos |

A falta de monitoramento nos mares pelo foco no combate ao coronavírus ocasionou o aumento na pesca ilegal. Argentina e Indonésia relataram intensificação de tal atividade em suas águas por barcos estrangeiros, o que já impacta diretamente o estoque de peixes. Entre as consequências da pandemia estão a escassez de alimento e o aumento na atividade de pesca ilegal, não declarada e não regulamentada. A Covid-19 é uma doença que potencializa crises, por isso os países que já possuíam insegurança alimentar enfrentam maior escassez.  É previsto que essa insegurança dobrará como um resultado direto da pandemia. 

Impacto em Segurança e Defesa: A insegurança alimentar pode representar perigos internacionais. A falta de alimentos pode criar uma crise de recursos alimentares que causaria movimentos migratórios gerando instabilidade. Quanto à pesca ilegal, além da diminuição do recurso, os Estados têm suas soberanias ameaçadas ao enfrentarem criminosos que agem à margem dos acordos internacionais.

FonteBENNETT, Nathan J; et al. The COVID-19 Pandemic, Small-Scale Fisheries and Coastal Fishing Communities. 2020. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/08920753.2020.1766937 .

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Confira o cronograma completo do evento

Confira aqui os participantes, horários e grupos de debates do evento, que acontecerá online nos dias 13 e 14 de maio de 2021. Horário Dia 13/05 Dia...

Exército dos EUA aprova planos para uma camada espacial tática

Por Rafael Esteves e Caroline Colbert | No dia 19 de abril de 2021, o exército dos Estados Unidos aprovou o desenvolvimento de um protótipo...

Estudo aponta dependência global da biodiversidade dos países em desenvolvimento

Por Alice Castelani and Daniel Vidal Pérez | Um estudo publicado por pesquisadores brasileiros na revista Science Advances apontou que os países com maior grau de desenvolvimento...

Primeiro satélite paraguaio monitora o desenvolvimento da doença de Chagas

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | O primeiro satélite do Paraguai, chamado de Guaranisat-1, foi lançado a partir da Estação Espacial Internacional e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome