Ferramenta permite simular cenários futuros a longo prazo

Por Carla Cristina Passos Cruz |

A Neoenergia, empresa do ramo energético desde 1997, apresentou uma ferramenta computacional de simulação que analisa impactos econômicos e técnicos de novas tecnologias e marcos regulatórios de forma integrada, com o intuito de criar um modelo sustentável de negócio diante das mudanças do setor. A ferramenta é um aprofundamento do projeto Smart Future (ou SmartF – Simulação e Modelagem do Ambiente Regulatório e Tecnológico Futuro), por meio da iniciativa em Pesquisa e Desenvolvimento regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que permite a avaliação e simulação futura de diversos cenários a longo prazo, simultaneamente e com previsões rápidas. A previsão para a conclusão do SmartF é final de 2022.

Impacto em Segurança e Defesa: SmartF parece ter uma aplicabilidade bem interessante, uma vez que a ferramenta identifica cenários internacionais de marcos regulatórios e comportamento do consumidor. Assim, pode servir de base para a construção de ferramentas em outras áreas carentes da mesma tecnologia e que precisem da análise de cenários prospectivos.

Fonte: Neoenergia desenvolve ferramenta que simula o futuro do setor elétrico. AGÊNCIA CANALENERGIA. 05 fev. 2021. Disponível em: https://www.canalenergia.com.br/noticias/53162793/neoenergia-desenvolve-ferramenta-que-simula-o-futuro-do-setor-eletrico#:~:text=Pensando%20no%20futuro%2C%20a%20Neoenergia,das%20mudan%C3%A7as%20do%20setor%20el%C3%A9trico.

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Confira o cronograma completo do evento

Confira aqui os participantes, horários e grupos de debates do evento, que acontecerá online nos dias 13 e 14 de maio de 2021. Horário Dia 13/05 Dia...

Exército dos EUA aprova planos para uma camada espacial tática

Por Rafael Esteves e Caroline Colbert | No dia 19 de abril de 2021, o exército dos Estados Unidos aprovou o desenvolvimento de um protótipo...

Estudo aponta dependência global da biodiversidade dos países em desenvolvimento

Por Alice Castelani and Daniel Vidal Pérez | Um estudo publicado por pesquisadores brasileiros na revista Science Advances apontou que os países com maior grau de desenvolvimento...

Primeiro satélite paraguaio monitora o desenvolvimento da doença de Chagas

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | O primeiro satélite do Paraguai, chamado de Guaranisat-1, foi lançado a partir da Estação Espacial Internacional e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome