Investimento militar dos EUA em computação em nuvem chama atenção de gigantes de TI

Por Marcelo Barros e Walmor Leite Junior |

Em 2019, o Departamento de Defesa norte-americano (DoD) celebrou um dos maiores contratos da história. Com um orçamento de US$ 10 bilhões, o projeto JEDI (Joint Enterprise Defense Infrastructure), voltado para a implantação de computação em nuvem para setores militares americanos, atraiu a atenção das maiores empresas do Vale do Silício, entre elas Microsoft, IBM e Amazon. O referido evento indica uma nova ‘corrida do ouro’ no setor de infraestrutura da informação e que pode levar a desdobramentos importantes para a segurança.

Impacto em Segurança e Defesa: A dupla presença de empresas que coletam dados dos seus usuários tanto nos setores convencionais, quanto nos de segurança e defesa, poderá acarretar problemas relacionados à vigilância e à privacidade, conforme vazamentos em anos anteriores já demonstraram.

Indicador: Entrada das gigantes de TI no ramo de Defesa e a respectiva resposta por parte dos Estados em relação à proteção de dados.

Fontes: WEINBERGER, Sharon. Meet America’s newest military giant: Amazon. MIT Technology Review,08 oct. 2019. Disponível em: https://www.technologyreview.com/2019/10/08/75349/meet-americas-newest-military-giant-amazon/


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Exército norte-americano trabalha no desenvolvimento de materiais autorregenerativos autônomos

Por Felipe Marques e Thiago Jacobino Honório | Pesquisadores do Exército dos Estados Unidos e da Texas A&M University juntaram esforços para a elaboração de um novo...

Acordo que removerá impasses entre Israel e os Emirados Árabes Unidos favorece os EUA

Por Antonella Ribeiro e Thiago Jacobino Honório | Segundo um oficial emiradense, o acordo para normalizar as relações do país árabe com Israel removerá qualquer...

Retração nos níveis de consumo reduz pegada ecológica da humanidade

Por Mayara Matos e Thauan Santos | O ritmo que a humanidade consome os recursos do planeta teve uma queda significativa no ano de 2020....

Detritos espaciais são rastreados pela primeira vez à luz do dia

Por Ana Clara Guinelle Teixedo e Caroline Colbert | Pesquisadores da Agência Espacial Europeia (ESA, em inglês) criam um novo método que possibilita que lasers...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome