Japão está desenvolvendo primeiro satélite de madeira do mundo

Por Leandro Laranjeiras e Caroline Colbert |

Pesquisadores da universidade de Kyoto e da empresa Sumitomo Forestry iniciaram o projeto dos primeiros satélites do mundo feitos de madeira. O objetivo é minimizar o dano ambiental causado da exploração do espaço e reduzir o acúmulo de lixo espacial. Os desenvolvedores argumentam que, ao deixar a órbita, os satélites de madeira irão queimar por completo sem emitir substâncias nocivas na atmosfera, como pequenas partículas de alumina, ou poluir a superfície com detritos ao reentrar na Terra. O Japão prevê que os satélites sejam lançados ao espaço em 2023, e para isso iniciou o cultivo de árvores e começará a testar diferentes tipos de madeiras resistentes a ambientes extremos.

Impacto em Segurança e Defesa: Se bem-sucedido, o projeto indicará uma solução viável para diminuir o problema do lixo espacial na baixa órbita, que em última instância pode representar ameaça à segurança humana. Além disso, a tecnologia pode ser alvo de disputas para o futuro desenvolvimento de foguetes, que são os maiores responsáveis por detritos espaciais.

Fonte: HARPER, Justin Harper. Japan developing wooden satellites to cut space junk. BBC News, Washington, 29 dec. 2020. Disponível em: https://www.bbc.com/news/business-55463366

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Turquia chegará à Lua até 2023

Por Caroline Colbert | O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan anunciou no dia 9 de fevereiro um plano de programa espacial com duração de 10...

Degelo atual é compatível com os piores cenários previstos pelo IPCC

Por Victor Gaspar Filho e Thauan Santos | Estudo financiado pelo Conselho de Pesquisa Ambiental britânico constatou que a aceleração do degelo global é condizente...

Japão está desenvolvendo primeiro satélite de madeira do mundo

Por Leandro Laranjeiras e Caroline Colbert | Pesquisadores da universidade de Kyoto e da empresa Sumitomo Forestry iniciaram o projeto dos primeiros satélites do mundo...

Extremos climáticos marcaram o ano de 2020

Por Alice Castelani e Thauan Santos | O ano de 2020 foi marcado por extremos climáticos, evidenciando o agravamento do aquecimento global. 2020 registrou os...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome