Novos casos de gripe aviária na Rússia preocupam a OMS

Por Diego L. S. Navia e Daniel Vidal Pérez |

Sete funcionários de uma granja no sul da Rússia foram infectados pela gripe aviária H5N8, antes transmitida apenas entre aves. O vírus é altamente letal entre os pássaros. Todos os funcionários infectados estavam assintomáticos e, hoje, já se encontram recuperados. O curioso é que todos infectados estavam na categoria de assintomáticos. A transmissibilidade ocorreu por meio do contato humano com secreções e excrementos de aves vivas ou mortas. Alguns surtos epidêmicos já haviam sido reportados em aviários da Rússia, Europa, China e Oriente Médio, mas sem a transmissão para humanos. A doença se beneficia dos hábitos migratórios de algumas espécies de aves para se propagar.  

Impactos em segurança e defesa: A única solução para casos de gripe aviária é o abate em massa, impactando diretamente nos estoques de alimentos e perdas bilionárias para a indústria. Essa situação extrema desestabiliza a segurança alimentar mundial e sinaliza o surgimento de novas epidemias e milhões de fatalidades, quando constatada a transmissão para humanos.

Fonte: BLACKALL, M. Bird flu: humans infected with H5N8 strain for first time in Russia. The Guardian, 2020. Disponível em: https://www.theguardian.com/world/2021/feb/20/bird-flu-humans-infected-with-h5n8-strain-for-first-time-in-russia

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Confira o cronograma completo do evento

Confira aqui os participantes, horários e grupos de debates do evento, que acontecerá online nos dias 13 e 14 de maio de 2021. Horário Dia 13/05 Dia...

Exército dos EUA aprova planos para uma camada espacial tática

Por Rafael Esteves e Caroline Colbert | No dia 19 de abril de 2021, o exército dos Estados Unidos aprovou o desenvolvimento de um protótipo...

Estudo aponta dependência global da biodiversidade dos países em desenvolvimento

Por Alice Castelani and Daniel Vidal Pérez | Um estudo publicado por pesquisadores brasileiros na revista Science Advances apontou que os países com maior grau de desenvolvimento...

Primeiro satélite paraguaio monitora o desenvolvimento da doença de Chagas

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | O primeiro satélite do Paraguai, chamado de Guaranisat-1, foi lançado a partir da Estação Espacial Internacional e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome