Alto custo coloca em xeque o futuro dos super navios aeródromos

Por Felipe Marques e Thiago Jacobino Honório |

O recente anúncio da Marinha dos Estados Unidos de que serão construídos apenas quatro navios aeródromos da nova classe Gerald Ford levantou questionamentos acerca dessas embarcações em um futuro próximo. Segundo a Marinha americana, a baixa quantidade de embarcações planejadas se deve ao fato de seu alto custo, além de haver projetos concorrentes dentro da estrutura interna dessa Força, como os submarinos de mísseis balísticos da Classe Columbia e a evolução de caças de decolagem e pouso vertical, como o F-35B. Os recentes avanços da Rússia e China, em especial no campo dos mísseis de cruzeiro, pode colocar em xeque a defesa dos navios aeródromos.

Impacto em Segurança e Defesa: A combinação de avanços tecnológicos na produção de mísseis somada aos altos custos de construção desse tipo de navio pode implicar na produção de modelos menores, mas especialmente preparados para a utilização de caças de decolagem e uso vertical.

Indicador: Impacto das novas tecnologias nas capacidades navais, não apenas na construção e manutenção de meios, mas também nas doutrinas de emprego, organização dos recursos de defesa, capacitação do pessoal, ensino das escolas militares e instrução do emprego dos meios, adestramento e infraestrutura.

Fonte: CAIAFA, R. O fim dos super navios aeródromos? Classe Gerald Ford ficará restrita a quatro navios (US Navy). Tecnodefesa, 2020. Disponível em: https://tecnodefesa.com.br/o-fim-dos-super-porta-avioes-classe-gerald-ford-ficara-restrita-a-quatro-navios-us-navy/.

Últimos Artigos

Fornecedor das Forças Armadas americanas foi alvo de hackers

Por Marcelo Andrade de Barros e Walmor Cristino Leite Junior | Informações sensíveis sobre o Míssil Balístico IntercontinentalLGM-30 Minuteman(ICBM, sigla em inglês)  foram roubadas da...

China cria sistema de comunicação quântica a partir do espaço

Por Nicole M. Araújo e Thiago Jacobino Honório | Em um estudo publicado na revista Nature, cientistas chineses apresentaram a primeira transmissão simultânea de uma...

Pirataria no litoral nigeriano ameaça cadeias de suprimento de petróleo

Por Antônio Pedro Lima e Marcelle Bessa | Grupos de piratas estão se expandindo na África Ocidental, principalmente no litoral da Nigéria, ameaçando o armazenamento...

Impactos da Covid-19 mudam cenário da indústria espacial privada

Por Pedro Martinez e Caroline Colbert | O avanço em escala global da COVID-19 está impactando seriamente as empresas do setor espacial. Companhias grandes e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome