Pesquisador apresenta perspectivas diferentes para cenário pós-pandemia

Por Carla Cristina Passos Cruz e Jéssica Leite dos Santos |

O ano de 2020 ficará marcado na história mundial em decorrência da pandemia da COVID-19, cujo impacto atingiu diversas esferas como a social, política, econômica, relações diplomáticas, dentre outras. Neste contexto, o pesquisador da USP, Guilherme Wisnik, levantou duas perspectivas para o cenário pós-pandemia. A primeira aponta o surgimento e consolidação de uma solidariedade mundial ao passo que a paralisação parcial do consumo criaria uma recessão econômica, enquanto a segunda aborda a absorção de sistemas de monitoramento, controle e vigilância orientais por países ocidentais em contexto de crise, podendo macular a liberdade individual nos moldes desses. Apesar de aparentemente incipientes, os indicativos de futuro citados apresentam potencial de intensificação e merecem monitoramento.

Impacto em Segurança e Defesa: Como impactos, destaca-se a forma como a pandemia da COVID-19 influencia em todas as esferas da sociedade e nas relações diplomáticas e, no futuro, o que concerne à imposição de hábitos, o controle e vigilância para sublimar a sobreposição de um ou mais países sobre os demais.

Indicadores: O nível de restrição das normas nacionais sobre o uso de dados e informações; remodelagem de políticas de segurança pública; o conteúdo de campanhas de conscientização governamentais e da mídia acerca de hábitos do dia-a-dia e de convívio social.

Fonte: WISNIK, G. Como ficará o mundo no pós-pandemia de coronavírus? Rádio USP, 02 abr. 2020. Disponível em: jornal.usp.br/?p=311676


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Escassez e preços altos de recursos ameaçam recuperação econômica

Por Mayara Matos e Thuan Santos | Segundo estudo realizado pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), 62% das empresas reportaram que...

Parceria entre NASA e Soyus chega ao fim

Por Mariane Almeida e Caroline Colbert | Enviada à Estação Espacial Internacional em 14 de outubro, a espaçonave Soyuz MS-17 foi a última missão em...

Lançamento de foguete chinês à Lua promete alavancar cooperação internacional

Por Mariane Almeida e Caroline Colbert | Durante a 2020 China Space Conference ocorreu a apresentação do projeto de enviar à Lua um novo foguete chinês ainda...

Mercado de seguros empresariais demonstra preocupação com armas cibernéticas

Por Marcelo Andrade de Barros e Walmor Cristino Leite Junior | Um relatório da organização Strategic Cyber Ventures mostra um aumento significativo na incidência de...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome

pt Portuguese
X