Pesquisas sobre exploração mineral marinha abordam viés sustentável

Por Soraya Fonteneles e Thauan Santos |

A exploração de minerais nos fundos marinhos é impulsionada pelo aumento da demanda industrial por novas fontes de recursos, apesar da insuficiência de dados acerca de seus impactos ambientais. O Centre for Earth and Marine Science and Technology investiga os efeitos da empreitada sob grandes profundidades, analisando as mudanças nos ecossistemas marinhos. Atualmente, as pesquisas estão sendo conduzidas em alto-mar, na área do oceano Pacífico conhecida como Clarion Clipperton Fracture Zone. A pesquisa dialoga com a segurança ambiental, pois além de investigar a resiliência da vida marinha, aborda processos oceânicos relacionados à produção e consumo de C0² no bioma.

Impacto em Segurança e Defesa: Uma exploração sustentável de minerais dos fundos marinhos terá um impacto positivo no suprimento da demanda. Tais recursos são caros à indústria de defesa, a exemplo do desenvolvimento de tecnologia e inovação voltada à guerra do futuro, sistemas para segurança eletrônica e cibernética e a área de automação.

Fonte: KERR, Susan. Academic warns deep sea mining activity could affect CO² absorption rates in ocean ecosystems. Heriot Wait University. Articles. 15 jun 2020. Disponível em: https://www.hw.ac.uk/news/articles/2020/deepseamining.htm


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Artigo explora a relação histórica entre a guerra e o Estado

Por Thiago Jacobino Honório | O trabalho apresenta as raízes da formação dos dois fenômenos e sua relação a partir da Segunda Guerra Mundial (1939-1945)....

Coreia do Sul quer cooperação da Rússia em assuntos espaciais

Por Ana Carolina Castilho e Caroline Colbert | Coreia do Sul busca cooperação militar com a Rússia em meio à crescente ameaça na Península Coreana,...

Projeto espacial bilionário da Amazon indica tendência perigosa

Por Leandro Laranjeiras e Caroline Colbert | A Amazon recebeu permissão da Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FFC) para lançar 3.326 satélites em...

EUA investigam objetos aéreos não identificados contra possível espionagem

Por Pedro Martinez e Caroline Colbert | O Pentágono divulgou recentemente a criação da Força Tarefa para Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAPTF, em inglês), que...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome