Preservação da biodiversidade é garantia da segurança humana

Por Alice Castelani de Oliveira e Daniel Vidal Pérez |

Segundo o relatório elaborado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP), a área florestal global diminuiu em 178 milhões de hectares entre 1990 e 2020. As florestas têm papel fundamental no ciclo hidrológico, mitigam as mudanças climáticas e fornecem habitat para muitos polinizadores, que são essenciais para a produção de, pelo menos, 35% de todo alimento produzido no mundo. Além disso, a perda da biodiversidade oferece risco também à saúde. A maioria das novas doenças infecciosas que tem acometido os seres humanos são zoonóticas e seu surgimento pode estar ligado à perda de habitat, o que aumenta a exposição humana à vida selvagem.

Impacto em Segurança e Defesa: Se a perda da biodiversidade continuar nos atuais patamares, haverá impactos na segurança humana, principalmente nas dimensões de segurança alimentar e de saúde. Portanto, as estratégias de biodefesa, tanto em nível global quanto nacional, deverão considerar em seus cenários soluções que equilibrem a conservação e o uso sustentável da biodiversidade.

Fonte: FAO; UNEP. The State of the World’s Forests 2020. Forests, biodiversity and people. Roma, 2020. Disponível em: http://www.fao.org/3/ca8642en/CA8642EN.pdf.

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Confira o cronograma completo do evento

Confira aqui os participantes, horários e grupos de debates do evento, que acontecerá online nos dias 13 e 14 de maio de 2021. Horário Dia 13/05 Dia...

Exército dos EUA aprova planos para uma camada espacial tática

Por Rafael Esteves e Caroline Colbert | No dia 19 de abril de 2021, o exército dos Estados Unidos aprovou o desenvolvimento de um protótipo...

Estudo aponta dependência global da biodiversidade dos países em desenvolvimento

Por Alice Castelani and Daniel Vidal Pérez | Um estudo publicado por pesquisadores brasileiros na revista Science Advances apontou que os países com maior grau de desenvolvimento...

Primeiro satélite paraguaio monitora o desenvolvimento da doença de Chagas

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | O primeiro satélite do Paraguai, chamado de Guaranisat-1, foi lançado a partir da Estação Espacial Internacional e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome