Proibição de aplicativos pode alterar estrutura da internet

Por Thiago Jacobino Honório |

Após ser proibido na Índia, o aplicativo Tik Tok entrou em pauta nos Estados Unidos. Um dos principais motivos alegados é que os dados dos usuários estariam sendo enviados para a China, país do qual a empresa que o criou pertence. A chegada dessa discussão marca um novo capítulo na disputa de poder entre os dois países, especialmente no campo tecnológico. A China já proíbe há alguns anos aplicativos como o Facebook e Twitter em seu território. Alegando motivos de segurança, os EUA também proibiram as operações da empresa Huawei em seu território.

Impacto em Defesa e Segurança: A proibição de aplicativos pode marcar um novo processo nos estudos de securitização. Estados poderão proibir certos programas que identifiquem como ameaças tanto para fins estratégicos como por motivos de competição. Essa disputa em larga escala poderá alterar a estrutura da internet como conhecemos.

Fonte: Burgess, Matt. Should America ban TikTok?. Wired, 13 jul. 2020. Disponível em: https://www.wired.co.uk/article/tiktok-ban-shutdown

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Confira o cronograma completo do evento

Confira aqui os participantes, horários e grupos de debates do evento, que acontecerá online nos dias 13 e 14 de maio de 2021. Horário Dia 13/05 Dia...

Exército dos EUA aprova planos para uma camada espacial tática

Por Rafael Esteves e Caroline Colbert | No dia 19 de abril de 2021, o exército dos Estados Unidos aprovou o desenvolvimento de um protótipo...

Estudo aponta dependência global da biodiversidade dos países em desenvolvimento

Por Alice Castelani and Daniel Vidal Pérez | Um estudo publicado por pesquisadores brasileiros na revista Science Advances apontou que os países com maior grau de desenvolvimento...

Primeiro satélite paraguaio monitora o desenvolvimento da doença de Chagas

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | O primeiro satélite do Paraguai, chamado de Guaranisat-1, foi lançado a partir da Estação Espacial Internacional e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome