Próxima geração da realidade virtual pode aumentar a capacidade de criação de simuladores

Por Thiago Jacobino Honório |

O recente vídeo demonstrativo de um motor gráfico de quinta geração (Unreal Engine 5) promete elevar a capacidade de criação de realidades virtuais a novos patamares. Apesar de comumente utilizado para jogos de consoles e computadores, realidades virtuais são empregadas também no meio militar, como por exemplo, em simuladores de guerra, treinamentos de pilotos ou soldados. A nova geração incorpora um avançado sistema de fotorrealismo e refração de luz aproximando cada vez mais as criações virtuais do mundo real.

Impacto em Segurança e Defesa: Emulações de realidade mais precisas terão influência em processos de treinamento militar em realidade virtual, pois, podem economizar custos, e reduzir riscos e acidentes.

Indicador: Incorporação de tecnologias de quinta geração como o raytracing e fotorrealismo em simuladores de emprego militar.

Fonte: TANGERMAN, Victor. This Hyper-Realistic Game Engine Looks Almost Like Real Life. Futurism, 13 may. 2020. Disponível em: https://futurism.com/unreal-engine-5-demo.

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

FAB usa modelo computacional para auxílio na tomada de decisão

Por Marcelo Andrade de Barros e Walmor Cristino Leite Junior | O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) desenvolveu o protótipo de um sistema...

Gamificação ajuda no treinamento organizacional sobre cibersegurança

Por Jéssica Leite dos Santos e Nathalie Torreão Serrão| Empresas e agências governamentais vêm empregando metodologia baseada em jogos para dirimir riscos de violação de...

Estados Unidos testam satélite capaz de produzir energia elétrica

Por Larissa Caroline Souza da Silva e Caroline Colbert | Um grupo de cientistas do exército dos Estados Unidos testou com sucesso um satélite, equipado...

Enfraquecimento da Corrente do Golfo é motivo de alerta

Por Samira Scoton e Daniel Vidal Pérez | A Corrente do Golfo (Atlantic Meridional Overturning Circulation – AMOC) atingiu seu nível menos intenso em mil...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome