Séries Temporais podem ser aplicadas como ferramentas para cibersegurança e ciberdefesa

Por Carla Cristina Passos Cruz |

Ataques cibernéticos colocam em risco a segurança e defesa e por isso setores de inteligência dos governos buscam antecipar e estimar esses ataques. Uma ferramenta quantitativa que pode ser usada para esta finalidade é a Análise de Séries Temporais, que envolve a identificação de dados numéricos para medir mudanças de uma situação ao longo do tempo. Ou seja, no tempo presente usa-se situações do passado para estimar o futuro. Em cenários prospectivos de defesa, uma possível abordagem relacionaria estimativas de ataques cibernéticos, seja com base em dados obtidos pela rede e sistemas automatizados de prevenção de intrusão, seja considerando a alocação proativa de recursos e capacidades para defesa cibernética.

Impacto em Segurança e Defesa: O reconhecimento de padrões através de métricas preditivas como regressão linear, e o uso de inteligência artificial, dentre outras, além do apoio de especialistas, podem auxiliar na prevenção de ciberataques pois estimam potenciais eventos cibernéticos.

Fonte: BAKDASH, J. Z.; et. al. Malware in the future? Forecasting of analyst detection ofcyber events. Journal of Cybersecurity, v. 4, n. 1, p. 1-10, 2018. Disponível em: https://academic.oup.com/cybersecurity/article-pdf/4/1/tyy007/27239107/tyy007.pdf.


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Artigo explora a relação histórica entre a guerra e o Estado

Por Thiago Jacobino Honório | O trabalho apresenta as raízes da formação dos dois fenômenos e sua relação a partir da Segunda Guerra Mundial (1939-1945)....

Coreia do Sul quer cooperação da Rússia em assuntos espaciais

Por Ana Carolina Castilho e Caroline Colbert | Coreia do Sul busca cooperação militar com a Rússia em meio à crescente ameaça na Península Coreana,...

Projeto espacial bilionário da Amazon indica tendência perigosa

Por Leandro Laranjeiras e Caroline Colbert | A Amazon recebeu permissão da Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FFC) para lançar 3.326 satélites em...

EUA investigam objetos aéreos não identificados contra possível espionagem

Por Pedro Martinez e Caroline Colbert | O Pentágono divulgou recentemente a criação da Força Tarefa para Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAPTF, em inglês), que...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome