Surtos de norovírus preocupam autoridades sanitárias francesas

Por Yasmim A. M. Reis e Daniel Vidal Pérez |

Em fevereiro de 2021 foram identificados 46 relatos do surto de norovírus na França. A causa está sobretudo relacionada à ingestão de crustáceos, moluscos e produtos relacionados na dieta alimentar familiar.  A doença pode ser transmitida através de comida ou água contaminadas, ou de indivíduo para indivíduo. De acordo com os dados, 164 pacientes foram registados e dois pacientes de diferentes regiões do país hospitalizados. O fato pode estar vinculado ao período de chuvas fortes no início do mês, que viabilizou a contaminação do meio ambiente, das áreas de produção e, consequentemente, dos moluscos.

Impactos em segurança e defesa: Em decorrência dos incidentes, a distribuição, comercialização, transporte, armazenamento e purificação, além de outras etapas da cadeia de abastecimento, foram afetadas devido a contaminação, estando a pesca temporariamente suspensa em quatro áreas. O alimento livre de contaminações é uma das dimensões da segurança alimentar e a sua não observância pode comprometer a saúde da população.

Fonte: WHITWORTH, J. France investigates norovirus outbreaks linked to oysters. Food Safety News, 10 MAR 2021. Disponível em: https://www.foodsafetynews.com/2021/03/france-investigates-norovirus-outbreaks-linked-to-oysters/

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Confira o cronograma completo do evento

Confira aqui os participantes, horários e grupos de debates do evento que acontece nos dias 13 e 14 de maio de 2021. Horário Dia 13/05 Dia 14/05 09:30-12:00 Prof....

Exército dos EUA aprova planos para uma camada espacial tática

Por Rafael Esteves e Caroline Colbert | No dia 19 de abril de 2021, o exército dos Estados Unidos aprovou o desenvolvimento de um protótipo...

Estudo aponta dependência global da biodiversidade dos países em desenvolvimento

Por Alice Castelani and Daniel Vidal Pérez | Um estudo publicado por pesquisadores brasileiros na revista Science Advances apontou que os países com maior grau de desenvolvimento...

Primeiro satélite paraguaio monitora o desenvolvimento da doença de Chagas

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | O primeiro satélite do Paraguai, chamado de Guaranisat-1, foi lançado a partir da Estação Espacial Internacional e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome