União Europeia inclui Lítio entre matérias-primas críticas

Por Cesar Castello Branco e Thauan Santos |

A União Europeia (UE) publicou no dia 3 de setembro uma lista atualizada das matérias-primas consideradas críticas para a Comunidade. O documento, publicado em intervalos de três anos desde 2011, acrescenta na ediçãode2020quatronovosrecursos considerados críticos: entre eles, o Lítio, minério que tem proporção considerável de suas reservas localizadas na América do Sul. O documento aponta como razão dessa criticalidade o uso do Lítio na fabricação de baterias para o armazenamento da energia gerada por fontes sustentáveis, que permitiriam à organização zerar suas emissões de gases de efeito-estufa até 2050.

Impacto em defesa e segurança: O aumento da dependência pela UE da importaçãode Lítio pode motivar o aumento da presença dos países da organização na América do Sul; particularmente na região do Triângulo do Lítio, localizada entre o Chile, a Argentina e Bolívia e que detém cerca de 75% das reservas mundiais de Lítio.

Fonte: COMISSÃO EUROPEIA. ​Critical Raw Materials Resilience ​ : Charting a Path towards greater Security and Sustainability. set 2020. Disponível em: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/EN/TXT/PDF/?uri=CELEX:52020DC0474&fro m=EN​.

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

FAB usa modelo computacional para auxílio na tomada de decisão

Por Marcelo Andrade de Barros e Walmor Cristino Leite Junior | O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) desenvolveu o protótipo de um sistema...

Gamificação ajuda no treinamento organizacional sobre cibersegurança

Por Jéssica Leite dos Santos e Nathalie Torreão Serrão| Empresas e agências governamentais vêm empregando metodologia baseada em jogos para dirimir riscos de violação de...

Estados Unidos testam satélite capaz de produzir energia elétrica

Por Larissa Caroline Souza da Silva e Caroline Colbert | Um grupo de cientistas do exército dos Estados Unidos testou com sucesso um satélite, equipado...

Enfraquecimento da Corrente do Golfo é motivo de alerta

Por Samira Scoton e Daniel Vidal Pérez | A Corrente do Golfo (Atlantic Meridional Overturning Circulation – AMOC) atingiu seu nível menos intenso em mil...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome