União Europeia inclui Lítio entre matérias-primas críticas

Por Cesar Castello Branco e Thauan Santos |

A União Europeia (UE) publicou no dia 3 de setembro uma lista atualizada das matérias-primas consideradas críticas para a Comunidade. O documento, publicado em intervalos de três anos desde 2011, acrescenta na ediçãode2020quatronovosrecursos considerados críticos: entre eles, o Lítio, minério que tem proporção considerável de suas reservas localizadas na América do Sul. O documento aponta como razão dessa criticalidade o uso do Lítio na fabricação de baterias para o armazenamento da energia gerada por fontes sustentáveis, que permitiriam à organização zerar suas emissões de gases de efeito-estufa até 2050.

Impacto em defesa e segurança: O aumento da dependência pela UE da importaçãode Lítio pode motivar o aumento da presença dos países da organização na América do Sul; particularmente na região do Triângulo do Lítio, localizada entre o Chile, a Argentina e Bolívia e que detém cerca de 75% das reservas mundiais de Lítio.

Fonte: COMISSÃO EUROPEIA. ​Critical Raw Materials Resilience ​ : Charting a Path towards greater Security and Sustainability. set 2020. Disponível em: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/EN/TXT/PDF/?uri=CELEX:52020DC0474&fro m=EN​.

Google News


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Confira o cronograma completo do evento

Confira aqui os participantes, horários e grupos de debates do evento, que acontecerá online nos dias 13 e 14 de maio de 2021. Horário Dia 13/05 Dia...

Exército dos EUA aprova planos para uma camada espacial tática

Por Rafael Esteves e Caroline Colbert | No dia 19 de abril de 2021, o exército dos Estados Unidos aprovou o desenvolvimento de um protótipo...

Estudo aponta dependência global da biodiversidade dos países em desenvolvimento

Por Alice Castelani and Daniel Vidal Pérez | Um estudo publicado por pesquisadores brasileiros na revista Science Advances apontou que os países com maior grau de desenvolvimento...

Primeiro satélite paraguaio monitora o desenvolvimento da doença de Chagas

Por Agatha Tomassoni Santos e Caroline Colbert | O primeiro satélite do Paraguai, chamado de Guaranisat-1, foi lançado a partir da Estação Espacial Internacional e...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome