Usado em turbina de caças, paládio tem demanda aquecida

Por Franco Alencastro e Marcelle Bessa |

O paládio tem visto sua demanda se ampliar nos últimos anos, o que tem provocado uma alta nos preços deste minério de mais de 100% entre 2016 e 2019, segundo a consultoria Mining TechnologyO metal encontra seu principal uso como componente de conversores catalíticos, que filtram os gases emitidos por veículos. Com o aumento de restrições voltadas ao controle de emissões de gases do efeito estufa, espera-se a demanda por paládio cresça. O paládio também possui aplicação na área da defesa: seu ponto de derretimento se situa em 1500°, sendo usado para impedir o superaquecimento de turbinas de caças.

Impactos de Defesa e SegurançaA distribuição das reservas traz riscos: a Rússia foi, em 2019, responsável por 40% da produção mundial, resultado das atividades de uma única empresa, a Norilsk Nickel. Acontecimentos como o recrudescimento das sanções entre EUA e Rússia podem prejudicar o fornecimento de paládio, e de componentes para a defesa aeroespacial.

Indicador: 37% é a fatia da África do Sul, segundo maior produtor, no mercado de Paládio. Apesar de representar uma alternativa para o fornecimento deste metal, a África do Sul registra greves periódicas que interrompem esta produção, como em 2012 e 2014.

FonteCASEY, JP. Growing demand and uncertain futures: the rise of palladiumMining Technology, 9 jan 2020. Disponível em: https://www.mining-technology.com/features/growing-demand-and-uncertain-futures-the-rise-of-palladium/


Assine nossa Newsletter


Receba mensalmente o Informativo RADAR em seu e-mail

Últimos Artigos

Artigo explora a relação histórica entre a guerra e o Estado

Por Thiago Jacobino Honório | O trabalho apresenta as raízes da formação dos dois fenômenos e sua relação a partir da Segunda Guerra Mundial (1939-1945)....

Coreia do Sul quer cooperação da Rússia em assuntos espaciais

Por Ana Carolina Castilho e Caroline Colbert | Coreia do Sul busca cooperação militar com a Rússia em meio à crescente ameaça na Península Coreana,...

Projeto espacial bilionário da Amazon indica tendência perigosa

Por Leandro Laranjeiras e Caroline Colbert | A Amazon recebeu permissão da Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FFC) para lançar 3.326 satélites em...

EUA investigam objetos aéreos não identificados contra possível espionagem

Por Pedro Martinez e Caroline Colbert | O Pentágono divulgou recentemente a criação da Força Tarefa para Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAPTF, em inglês), que...

Artigos relacionados

Deixe aqui o seu comentário

Favor informar seu comentário
Favor informar seu nome